Arquivo da tag: milho parana

Plantio da segunda safra de milho atinge 73% da área no Paraná e produtores esperam boas produtividades

milho-colheita

A Secretaria de Agricultura e do Abastecimento do Paraná divulgou, por meio do Departamento de Economia Rural (Deral), seu o relatório de plantio, colheita e comercialização das principais safras do estado. O levantamento apontou que o plantio do milho 2ª safra no estado já atingiu 73% do total da área esperada. Nos dados da semana passada, esse índice era de 60%. Desse montante, 78% está em descanso vegetativo, 21% ainda seguem em germinação e 1% já avançou para floração.

Já nos dados referentes à 1ª safra, o Paraná apresenta 84% avaliado como condição boa e 16% como média. A maior parte plantada se encontra na fase de maturação (64%), enquanto 35% estão ema frutificação e apenas 1% ainda permanece em floração. Até está terça-feira (26) o estado paranaense já havia colhido 32% da área de milho 1ª safra.

As chuvas que voltaram a cair no Paraná animam os produtores que elevam as expectativas de uma boa safrinha milho, conforme o produtor rural de Itambé/PR, Valdir Edemar Fries disse em entrevista ao Notícias Agrícolas.

“Todo o trabalho vem sendo feito conforme o planejado e tendo a colaboração das boas chuvas dessa frente fria que veio de forma bem uniforme. O preço hoje gira em torno de 30/31 reais e cobre bem os custos se tivermos boa produtividade. A safra promete dadas as condições de plantio e devemos ter uma grande safra de milho para compensar inclusive os plantios de verão que foram a baixo do esperado”.

Confira a entrevista completa com o produtor rural Valmir Edemar Fries: Após secas no ciclo da soja, chuvas voltam e produtores de Itambé/PR esperam boa safrinha de milho

Fonte Notícias Agrícolas

Paranaenses produzem até 180 sacas de milho safrinha por hectare

expedicao-safra-erechim-e-nao-me-toque-brunno-covello-124-kfdc-u201195999073dwh-1024x683agro-web

Produtor que se inscreveu no concurso Plataforma Integrada de Produtividade (PIN), da Syngenta, obteve a marca no ciclo 2016 de milho segunda safra

Mesmo em um ano de problemas climáticos, produtores paranaenses atingiram marcas de até 180 sacas de milho safrinha por hectare, em um concurso de produtividade promovido pela Syngenta no ciclo 2016. A premiação e a revelação dos campeões, com suas respectivas médias de produtividade, foram divulgadas no último fim de semana, em Comandatuba, na Bahia.

O prêmio Plataforma Integrada de Produtividade (PIN), iniciativa ligada ao Plano de Agricultura Sustentável da Syngenta (The Good Growh Plan), já ocorria com as culturas de soja e milho verão. Com a proporção que a segunda safra de milho vem tomando no país, a partir deste ano foi incluído o concurso de milho safrinha da Syngenta Sul. Participam desta fase agricultores de Mato Grosso do Sul e Paraná. Nessa primeira edição, com esse formato, participaram mais de 1,5 mil produtores.

O projeto começa com a seleção dos agricultores participantes. Eles compram os insumos indicados pelos técnicos da marca que promove o concurso. Então, toda a assistência técnica e uma atenção especial a essas áreas é disponibilizada aos participantes. Em geral, uma parcela das propriedades é destinada para testes com essas variedades indicadas, que costumam ter um investimento maior do que as usadas convencionalmente.

William Weber, gerente de marketing da cultura milho para o Sul do Brasil, enfatiza o PIN é um desafio de produtividade que possui duas soluções, uma voltada mais para a qualidade e produtividade [Granotop] e a outra com mais foco na produtividade [Integrare]. As duas têm premiações distintas. “O PIN É como se fosse um guarda-chuva. Temos nossas soluções integradas e através dessas soluções é que produtores atingem maior produtividade”, explica.

Vencedores Granotop

– Elci Dalgalo – PR, com 180,91 sacas por hectare

– Jurandir Alexandre Lamb – PR, com 169,42 sacas por hectare

– Luiz Protis – PR, com 145,45 sacas por hectare

Vencedores Integrare

– Jairo J. Jagnow – PR, com 164,46 sacas por hectare

– Yoshikasu Murata – PR, com 154 sacas por hectare

– Kessley Reis Lima – PR, com 138,90 sacas por hectare

Fonte: Gazeta do Povo