Arquivo da tag: colheita milho

Plantio da segunda safra de milho atinge 73% da área no Paraná e produtores esperam boas produtividades

milho-colheita

A Secretaria de Agricultura e do Abastecimento do Paraná divulgou, por meio do Departamento de Economia Rural (Deral), seu o relatório de plantio, colheita e comercialização das principais safras do estado. O levantamento apontou que o plantio do milho 2ª safra no estado já atingiu 73% do total da área esperada. Nos dados da semana passada, esse índice era de 60%. Desse montante, 78% está em descanso vegetativo, 21% ainda seguem em germinação e 1% já avançou para floração.

Já nos dados referentes à 1ª safra, o Paraná apresenta 84% avaliado como condição boa e 16% como média. A maior parte plantada se encontra na fase de maturação (64%), enquanto 35% estão ema frutificação e apenas 1% ainda permanece em floração. Até está terça-feira (26) o estado paranaense já havia colhido 32% da área de milho 1ª safra.

As chuvas que voltaram a cair no Paraná animam os produtores que elevam as expectativas de uma boa safrinha milho, conforme o produtor rural de Itambé/PR, Valdir Edemar Fries disse em entrevista ao Notícias Agrícolas.

“Todo o trabalho vem sendo feito conforme o planejado e tendo a colaboração das boas chuvas dessa frente fria que veio de forma bem uniforme. O preço hoje gira em torno de 30/31 reais e cobre bem os custos se tivermos boa produtividade. A safra promete dadas as condições de plantio e devemos ter uma grande safra de milho para compensar inclusive os plantios de verão que foram a baixo do esperado”.

Confira a entrevista completa com o produtor rural Valmir Edemar Fries: Após secas no ciclo da soja, chuvas voltam e produtores de Itambé/PR esperam boa safrinha de milho

Fonte Notícias Agrícolas

Colheita do milho avança e chega a 19,6% da área total em Mato Grosso

milhoCom a colheita do milho 16/17 tomando forma, aproxima-se o momento no qual o mercado se volta para escoar o grão de MT. E uma grande parcela deste milho tem o exterior como destino, o que acaba por tornar o preço altamente dependente dos gastos de envio aos portos. Desta forma, o frete alto, em conjunto com as baixas cotações praticadas no Estado, faz com que o cenário não seja bom.

Em Sorriso, no mês de junho do ano passado o milho disponível estava cotado a R$ 34,21/sc, enquanto o frete Sorriso-Santos estava a R$ 16,14/sc, com diferença de R$ 18,07/sc. No entanto, neste ano a diferença de apenas R$ 0,81/sc denota que o custo para escoar o cereal logo poderá estar mais alto que o seu preço.

Assim, nos próximos meses, a alta produção, unida à indisponibilidade de armazéns em MT, pode pressionar os fretes. Desta forma, a dependência logística do cereal reforça a necessidade de melhoria neste aspecto e na agregação de valor ao grão dentro do Estado.

Leia a notícia na íntegra no site do Imea.

Colheita da 2ª safra começa no BR; retração vendedora limita quedas.

A colheita da segunda safra de milho começou no Brasil nos últimos dias, mas o maior volume ainda não se refletiu em forte queda nos preços do cereal, principalmente devido à resistência de vendedores em aceitar valores abaixo de seus pedidos.

Conforme pesquisadores do Cepea, esses agentes estão mais interessados em comercializar com exportadores, especialmente para entrega no segundo semestre. Em Campinas (SP), no entanto, a pressão compradora foi sentida com mais força.

Demandantes seguem consumindo seus estoques e se mantêm firmes em suas posições, fator que levou o Indicador ESALQ/BM&FBovespa a recuar 3% de 19 a 26 de maio, fechando a R$ 27,23/sc de 60 kg na sexta-feira, 26.

 

Fonte: www.noticiasagricolas.com.br

milho-colheita