Arquivo da tag: Bolsa Chicago

Traders cautelosos sustentam leves altas do milho em Chicago nessa quinta-feira

A quinta-feira (04) começa com os preços internacionais do milho futuro apresentando leves altas na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam valorizações entre 1,25 e 1,50 pontos por volta das 09h19 (horário de Brasília).

O vencimento maio/19 era cotado a US$ 3,64, o julho/19 valia US$ 3,73 e o setembro/19 era negociado por US$ 3,82.

Segundo análise de Bryce Knorr da Farm Futures, os futuros de grãos estão firmes na manhã de hoje, depois de negociados em faixas estreitas durante a noite. Os traders também estão cautelosos com os movimentos do tipo “compre o boato, venda o fato” que se desenvolvem novamente após as negociações comerciais desta semana com a China.

Essas negociações parecem estar progredindo – o presidente Trump vai se encontrar com o vice-premiê Liu hoje. Mas os mercados não conseguiram sustentar ganhos após sessões positivas anteriores, tornando os mercados em geral cautelosos.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Após tarifação da China sobre os EUA, prêmio para soja do BR já chega a US$ 1,30

Ontem (03), a China trouxe uma nova lista de retaliação de produtos norte-americanos, na qual está inclusa a soja e outros produtos agrícolas. Com isso, as cotações da soja na Bolsa de Chicago (CBOT) sofreram fortes perdas ao longo desta manhã.

Vlamir Brandalizze, analista de mercado da Brandalizze Consulting, destaca que a China demorou alguns dias, mas tomou uma atitude para pressionar os Estados Unidos. Este fator promoveu uma corrida de liquidez em Chicago, com um dia de forte liquidação e suportes próximos aos US$10/bushel.

Para ele, o mercado deve trabalhar nesses patamares nos próximos dias até que essas informações se acomodem na China e também nos Estados Unidos.

O mercado brasileiro, por sua vez, conta com prêmios que compensam um pouco dessas perdas. Ontem, o prêmio girava em torno de 112 pontos positivos, enquanto na manhã de hoje já se falava de um patamar entre 120 a 125 pontos positivos, podendo chegar nos 130. Parte do que está sendo perdido em Chicago acaba sendo corrigido desta maneira, embora o preço já tenha sofrido uma queda de R$1,50, com a soja sendo vendida a R$81,50 nos portos.

 

Veja materia completa no site Noticias Agricolas

Fonte: Notícias Agrícolas

Soja estende altas em Chicago nesta 6ª com demanda e safra definhando na Argentina

O mercado da soja na Bolsa de Chicago, nesta sexta-feira (16), estende seu movimento positivo e segue operando em alta pela terceira sessão consecutiva. Os futuros da commodity subiam entre 5,25 e 6,25 pontos, com o maio/18 valendo US$ 10,46 por bushel. O julho e o agosto já buscavam os US$ 10,60 de volta.

Segundo explicam analistas internacionais, os traders voltam seus olhos para os novos números da demanda, princpalmente com as boas vendas semanais americanas reportadas ontem pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) e nas novas estimativas de safra para a Argentina.

Ainda nesta quinta, a Bolsa de Rosario reduziu sua projeção de 46,5 milhões para 40 milhões de toneladas para a colheita da soja e ajudou a motivar os ganhos na CBOT. Além disso, como disse o analista Terry Reilly, da consultoria Future International, “já há autoridades argentinas indicando que a colheita poderia ficar, inclusive, abaixo das 40 milhões de toneladas”, e isso também deverá continuar a ser acompanhado pelos players do mercado.

 

Leia matéria completa no site Notícias Agrícolas.

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas
soja-chicago